20 Anos de Igreja Betesda

A Alegria de dar

Artigos e Ilustrações

Pastor Glênio Fonseca

“Há na Palestina dois lagos que refletem  muito o que vamos abordar aqui.
Eles são denominados na geografia de mares,  e tem o rio Jordão como origem.
Descendo as montanhas ao norte, o Jordão que significa o que desce, tem quase todo o seu percurso abaixo do nível do mar, e na sua trajetória forma dois grandes lagos. O primeiro e o logo da Galiléia, onde uma depressão de 226 metros abaixo do nível do mar recebe as águas do Jordão e forma o belo lago, que em seguida solta o rio que corre o seu caminho descendente, até encontrar a outra depressão de 426 metros abaixo do nível do mar. Ali forma o Mar Morto. Neste ponto o Jordão desaparece. Morre o Mar Morto. A história destes dois lagos é interessante. O mar da Galiléia recebe as águas destes dois lagos do Jordão que formam a sua realidade viva e produtora e tudo dá.
Jordão continua, mas o Mar Morto só recebe e depois não dá; pois ele é morto…
A história mostra que a vida das pessoas pode ser colocada nos exemplos desses dois lagos. Há aqueles que vivem, por isso doam-se “Mais bem aventurado é o dar do que receber”, diz a Palavra. Esta Verdade tem um sentido muito amplo do que se pode avaliar. Significa muito mais do que seu contexto impõe. Quem vive, porém a sua ênfase recai no âmbito do serviço e da contribuição. Só para si é morto. Quem dá para se beneficiar é interesseiro, vive só para si. Há muita gente que quer negociar a sua benevolência com os homens e com Deus. Mas a bem-aventurança de dar, não computa os interesses.
A felicidade de dar recusa a recompensa e ultrapassa a ingratidão. Felizes são aqueles que doam com espírito voluntário, sem esperar a troca e sem preocupação de haver agradecimentos. “Você pode ferir a terra com uma enxada, e logo ela sorrirá e lhe proporcionando a colheita” (Thomas Campbell.)
Quem da esperando algum troco, na verdade esta negociando; mas quem da independentemente de qualquer resultado, é feliz.
Contribuir com alegria é um privilégio dos libertos da preocupação do ter, do medo de perder, e do esquecimento do mal agradecido.
“Cada um contribua segundo o que tiver proposto no coração, não por tristeza ou necessidade de comprar méritos com Deus. Porque Ele ama a quem dá com alegria”.

Betesda Anápolis - Igreja Betesda de Anápolis - Lugar da Misericórdia Divina
Rua D-18, Número 77 - Cidade Jardim
Anápolis - GO - Atrás do Posto Petrobras

contato@betesdaanapolis.com.br - 62 3311-1938

Agência Martins