20 Anos de Igreja Betesda

As sementes

Artigos e Ilustrações

Pr. Estevam Fernandes

Há uma lenda oriental sobre certa mulher que passeava com seu único filho nos braços e, ao passar diante de uma caverna, ouviu uma voz: “Entre e pegue tudo o que você puder, mas não se esqueça da semente. Preste bem atenção”, disse a voz misteriosa, “depois que você sair, a porta será fechada para sempre. Aproveite bem essa oportunidade. Junte tudo o que você puder, mas não se esqueça da semente”.

Entre o pânico e o êxtase, a mulher entrou na caverna. Ao ver a porta abrir-se, ficou encantada com tantos tesouros. Apressadamente, colocou seu filho no chão e foi enchendo seu avental com tudo o que podia guardar. A certa altura, a voz ecoou novamente: “ Você tem pouco tempo, não demore muito! Mas não se esqueça da semente!”

Ao perceber a porta se fechando, a mulher saiu rapidamente para salvar o que tinha conseguido juntar. Ao voltar, a porta fechou-se. Desesperada, lembrou-se de que a criança ficara lá dentro. A angústia tomou conta do seu coração. Juntara muito ouro, mas perdera o único filho. A riqueza durou pouco; sua dor persistiu por toda a vida.

De alguma forma, esta lenda tem muito a ver com a nossa existência. Nossas sementes são nossos filhos, nossos pais, nossos familiares, nossos amigos, nossa fé, nossa esperança, nossos sonhos e nossos valores. Tudo o que nos é de valor inestimável. Mas dar-lhes o devido valor depende da maneira como vemos a vida. Não podemos enxergar o mundo como se ele fosse uma grande feira livre, onde vamos enchendo as sacolas com aquilo que nos encanta os olhos, esquecendo-nos do que é essencial.

Às vezes, deparamo-nos com coisas aparentemente insignificantes, pequenas demais para despertar o nosso interesse. São sementes que desprezamos porque nossos olhos estão empoeirados com uma vida repleta de superficialidade, que afasta nosso coração daquilo que realmente tem valor.

A sensibilidade para enxergar nas pequenas coisas a potencialidade de algo maior é que faz a diferença na vida. Pequenos gestos, como um sorriso, um abraço, um perdão, um olhar carinhoso, podem ser sementes que produzirão muitas mudanças. Toda semente é, potencialmente, o começo de uma nova vida.

Hoje, o grande desafio para o homem é estar no mundo com um coração de semeador. É plantar o amor onde ele não existe; cultivar a paz em campo minado; semear alegria onde predomina a tristeza. Somos as sementes de Deus neste mundo!

Não espere que a porta se feche. Ela se fecha todas as vezes que nos trancamos em nós mesmos e excluímo-nos do mundo; quando trancamos a porta do nosso coração e deixamos de fora as pessoas que amamos, sementes de Deus para nossa vida.

Jesus disse: Porque onde estiver vosso tesouro, aí estará também o vosso coração (Mateus 6.21). Por isso, não nos esqueçamos das sementes! Elas são a verdadeira riqueza que possuímos.

Betesda Anápolis - Igreja Betesda de Anápolis - Lugar da Misericórdia Divina
Rua D-18, Número 77 - Cidade Jardim
Anápolis - GO - Atrás do Posto Petrobras

contato@betesdaanapolis.com.br - 62 3311-1938

Agência Martins